LaMia anuncia indenização a vítimas de queda de avião

Advogado da companhia aérea estima pagamento de 165 mil dólares para cada passageiro.

A companhia áerea LaMia anunciou, na noite de quarta-feira (14), que deve pagar indenização às sobreviventes e famílias das vítimas do acidente aéreo que aconteceu em 28 de novembro na Colômbia. O avião transportava a delegação do time Chapecoense.

De acordo com a agência EFE, o pagamento estimado é de 165 mil dólares (cerca de 555 mil reais) para passageiro, segundo valor estabelecido no Convênio Internacional sobre Aviação Civil.

O advogado da empresa, Nestor Higa, confirma que no caso dos brasileiros é preciso apresentar “declarativa de herdeiros e atestado de óbito” traduzidos ao castelhano e legalizados no consulado boliviano no Brasil.

Higa afirmou, ainda, que contato com a empresa seguradora já foi feito, mas que antes será necessário tramitar na procuradoria boliviana a devolução de alguns documentos apreendidos por investigadores durante a operação de busca e apreensão nos escritórios da companhia aérea na última semana.

O advogado também solicitou que o Ministério Público retire os lacres de segurança que foram instalados nos escritórios da LaMia para que os funcionários possam atender estes requerimentos.

COMPARTILHE